Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






"MEU POMAR"



Meu pomar, de madrugada
exala perfume de flores,
de manhã, todo orvalhado
parece o jardim dos amores.

Meu pomar, quando é outono
com seus frutos multicor,
as colho com muito carinho
dedicação, e muito amor.

Nas invernadas da noite
que suas folhas vêm ao chão,
sobram pequeninas flores
que vão perfumar o verão.

Eu fiz um lindo jardim
rodeando o meu pomar,
nas tardes de primavera
levo o meu amor a passear.

Lindos passarinhos cantam
muitos deles moram lá,
o canto, que mais me encanta
é o canto do sabiá.

Plantei rosas multicolores
um canteiro de margaridas,
todos os dias, os colibris
vem fazer suas visitas.



Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 23/06/2006
Código do texto: T180987
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257133 leituras)
185 áudios (36329 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:04)
Antonio Hugo

Site do Escritor