Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquanto chove

 
Os pingos da chuva ofuscam-me a visão, o silêncio me faz companhia.
Dedilhando nos versos, edifico meu universo, rastejando nas letras, minh´ alma compôs a partitura sem rima, exprimir doçura do coração.

Enquanto chove meu coração descobre, que as mágoas seguem o percurso das águas a beira da estrada.

Cada gotícula pingando emergindo no subsolo, soterram o pranto, filtrando lembranças.

Rolam as pedras do caminho, assenta o pó, o dia renasce esplendoroso, enciumado beija-flor acaricia a flor, extraindo o néctar de cada pétala.

A essência adentra no peito, o olhar reluz feito os raios do sol ao meio dia, onde o amor permeia em multicoloridas matizes.

O coração palpita, desprendendo o sentimento bonito, corre nas veias seiva de amor gostoso, grifando em cada palavra escrita.




escrito
23.06.2006
por Águida Hettwer
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 23/06/2006
Reeditado em 23/06/2006
Código do texto: T181067

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116506 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:08)
Águida Hettwer

Site do Escritor