Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVAS-27

O medo de se prestar
atenção ao semelhante
é o que me leva a ficar
cada vez mais bem distante.

A Lei Áurea veio em tempo
dar liberdade total;
ao africano o contento
ao brasileiro a moral.

Vivermos em dias incertos
de covardia e pavor;
é ser chorão no deserto
querendo mudar o horror.

Ter liberdade é sentir
a satisfação de olhar
uma gaiola se abrir
e um passarinho a voar.

A palavra liberdade
nem sempre é bem empregada;
há tantos que em sua vaidade
a tornam palavra errada.

sede de anseio me invade
trazendo na voz o ecoar;
conquistar a liberdade
pra erguer a espada no ar.

A Música é todo meu brio
grandeza, consternação;
amada, mulher e filho
beleza e inspiração.

A Música é minha vida
relento, amor e paixão;
encontro na despedida,
canto na reaparição.

O curioso foi que a dona
pivô da minha ilusão
deixou-me chorando a grana
e outro otário na mão.
Zecar
Enviado por Zecar em 20/05/2005
Reeditado em 24/06/2016
Código do texto: T18122
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:25)
Zecar