Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O despertar da insensatez

“..O corpo é a sombra das vestes que encobre o teu ser profundo.” (Fernando Pessoa)

A alma aprende se o corpo ensina.
Então não se esconda atrás
Da sensatez que enfarda.
 
Desnude-se do medo atávico
Que sepulta a morte supérflua
E a alma, impasciente, aguarda.
 
Ao homem, sua inevitável sina;
Não basta perpetuar a essência
Em uma alma de murcha flor.
 
Toda veste será sempre podada
Nas sombras à beira da estrada,
Onde a lucidez em vão se resguarda.
 
Ao cansado corpo, luz e nudez:
Morte e aprendizagem
no rodízio da insensatez...
Kal Angelus
Enviado por Kal Angelus em 24/06/2006
Reeditado em 26/06/2006
Código do texto: T181766
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kal Angelus
Teresina - Piauí - Brasil
322 textos (9131 leituras)
1 e-livros (4 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:56)
Kal Angelus