Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No azul da tarde outonal!

Fumaça negra
No azul da tarde outonal!
É preciso ser forte!
Preciso ocupar a mente !
É preciso sorrir do medo...
Não vejo a exuberância da tarde,
Nem estou a salvo da fúria,
Enquanto
Meus olhos choram silenciosamente,
Caminho entre destroços fumegantes!
A noite vai descendo de mansinho e
Uma poeira negra paira no ar.
Resisto bravamente!
Valter Queiroz
Enviado por Valter Queiroz em 25/06/2006
Código do texto: T181888
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Queiroz
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 41 anos
118 textos (4531 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:38)
Valter Queiroz