Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM CHOREI

(a DETH HAAK)

Ontem chorei
Chorei...
E um vazio imenso
Tomou conta de mim
Da minha pele
Da minha carne
Das minhas veias
Da minha alma
E de tudo que ainda habita em mim.

Ontem chorei
Chorei...
E nem mesmo Nietzsche
Que pranteou desilusão
Do amor
Da dor,
No coração
Derramou tantas lágrimas.

Foi um pranto incontido
Doce
Indescritível
Amargo,
Um desagrado nunca dantes experimentado.
Pensei que o sopro do viver houvesse me abandonado.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 20/05/2005
Código do texto: T18208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:32)
Antonio Virgilio Andrade