Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE: DOR NA MENTE E NO CORAÇÃO

Saudade que dói no peito. Lembranças que dói na alma
Sempre questionei acerca dos motivos que nos faz vida.
Todavia, hoje sei das coisas que machucam e fazem doer
Nossa mente e nosso coração.
De certo, é bom saber que o tempo não volta, mas é triste
Saber que as coisas, as pessoas e as lembranças boas também não voltam.
Não se sabe ao certo, se hoje se pode machucar como outrora feito,
Mas dói no peito a certeza de que já não há mais tempo para arrependimentos e sofrimentos vãos,
Afinal, o que passou, passou...

... Será?
Não, não passou.
Continuará a nos machucar
Mesmo afirmando, a cada novo momento: - que tudo passou e está no passado.
Sabemos bem que se somos o que somos é porque o ontem jamais foi, é ou será o hoje,
Assim como, não poderá ser o amanhã.
Logo, somos condenados a viver e sofrer, pelo ontem no hoje
Em função do amanhã. Talvez nem tão melhor ou menos caótico
Que o que foi ontem, o hoje se viverá.
Desprender-se do ontem em função do hoje é o nosso legado, porém...
Quem de fato consegue desligar-se do seu passado se é fruto dele?
Mágoas, dores, sentimentos...
Hão sempre de inflamar os sentimentos para que as dores continuem a machucar nosso peito.
Gratidão ou ingratidão de um mundo nem tão perfeito como parece.
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
Enviado por JOSÉ FLÁVIO DA PAZ em 20/05/2005
Código do texto: T18218
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
60 textos (36404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:28)
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ