Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O deserto

A minha voz clama no deserto,
Ecoa através do nada;
Sopra junto com o vento,
A areia que nos escuta...
Escuta o nosso pranto.
Solitário.
Voa pra bem longe
As agruras da vida.
Quem mais irá nos ouvir ?
Não há quem cale a nossa voz.
Temer o que já era temido,
O medo da nossa voz
Perder-se
Em algum abismo,
E não mais voltar a encontrar
A areia, e com ela voar
Pra bem longe
Aonde nossa angústia
Se esconde.
Ketilen Paes.
Kétilen Paes
Enviado por Kétilen Paes em 25/06/2006
Reeditado em 09/01/2010
Código do texto: T182280

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kétilen Paes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
160 textos (4889 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:01)
Kétilen Paes