Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vitamina com abacate!

Botes a deriva cruzam por estas águas
Encostam numa & outra margem, divagam,
Formam bandos, se espumam feito nuvens,
Tocam o brilho do Sol, o frescor da noite,
Naufragam em Ilhas isoladas, choram,
Festejam fartos Portos, alguns esnobam,
Abrem-se para nativos estranhos, surtam,
Cometem abusos, se calam, tornam a chorar,
Caem na água novamente, discursam,
Pouco se evita quando nada querem, risos,
Piadas & congêneres, pouca base singular,
Afazeres deixados de lado, outras vidas,
Água que bate mais forte, sina & lamentos,
Vaidades que o tempo cobra, privações,
Conselhos & mal-entendidos, remo quebrado,
Vazante com furos retóricos, explosão,
Noite que cala toda a inocência, limos,
Frágil aconchego na tarde quente, atos,
Nos livros que não serão lidos, fugas,
O escárnio que insanos momentos fixam,
Quando se arrependerem será já em alto-mar...
Com alguma sorte, um Porto seguro encontrar!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 26/06/2006
Código do texto: T182460
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:07)
Peixão