Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero Continuar...

Atrevido, buscando sentido
Aos amores desfeitos
Achando-se um jeito
Indicando nas linhas
A direção a tomar
Ao amor reaver

Quero assim poder
Sem hora marcada
Calar o adeus
Sugerindo nas rimas
A porta da saída
Impedindo a partida

Quero assim viver
Sonhando sonhos alheios
Em prosa, em verso
E em nada diverso
Quero viver dos risos
Desmedidos e sem sentido
De quem se depara com o amor
Feito a criança
Que descobre na infância
O encanto da vida

Quero assim desvendar
Nas palavras oportunas
Os porquês dos revides
Que retardam os beijos que se desejam
Para que o amor aconteça

Quero assim assinar a frase mais bela
Proferida em tons sussurrantes
No momento em que se fala de amor
De todas formas e feitios
Que cabe aos amantes viverem
E aos poetas registrarem...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 26/06/2006
Código do texto: T182567

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14087 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:25)
ziza Silvestre