Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ARTE E A POESIA

Sou o sonho do artista realizando
Da poesia que brota num encanto
Como a água da pedra brotando
Vai a terra cobrir com seu manto.

Na vida real eu tenho procurado
Dos traços do pincel um caminho
Nas estrofes da poesia de um lado
Nas telas eu encontro o meu ninho.

Das minhas mãos calejadas o brilho
No movimento criado uma razão
As cores fortes são o meu gatilho
Para disparar toda a minha emoção.

Quando o tempo distar deste tempo
Quando o valor da criação existir
Eu estarei criando como o vento
Da minha assinatura poderei rir.

Toda dedicação nas artes e poesia
Toda inspiração gravada ali fica
Marcar o que na tela eu não podia
Então a literatura foi a boa dica.

No silêncio solitário do trabalho
Das noites de espera da amada
Querendo sempre mais eu falho
Como aquele que não fez nada.

Se é interessante toda minha obra
Dediquei meu tempo no que criei
Serpenteando meus traços tal cobra
Ao menos procurar inovar eu tentei.

Do que fiz estou bem satisfeito
Faço tudo com grande carinho
Do que ainda farei do meu jeito
Eu espero não apreciar sozinho!

 

Celito Medeiros
Enviado por Celito Medeiros em 26/06/2006
Código do texto: T182700
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celito Medeiros
Curitiba - Paraná - Brasil, 65 anos
21 textos (10511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:15)
Celito Medeiros