Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alces de Montezuma

Num dia feito de horas
acalenta seu prumo
em desejos do
profundo amor.

Mas não esqueça:
minha sombra !

Ela sobrevoou o terno
e agora convive com
seu amor, que um dia
foi vida em minha vida
e hoje é solidão
onde o povo alarde:

- lá vai o de quatro alçes
carregado de fantasmas.
- lá vai montezuma
o rei sem mais mulher,
o rei dos percalsos !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 27/06/2006
Código do texto: T183041
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26784 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:20)
José Kappel