Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAI CHUVA SERENA,
DENGOSA,  FININHA
QUAL DOCE MORENA
Á CANTAR NA COZINHA...

CAI CHUVA....CHUVA
LAVANDO AS FERIDAS
DA BELA AVENIDA
FEITO GOTAS DE...UVA.

A CHUVA, ACARICIA
O VENTO, QUE ASSOBIA.....
E CAI TÃO MANSA....
 LENTA ,AVANÇA....

A CHUVA E MEU PRANTO...
UM PAR E TANTO...
VIRANDO ENXURRADA,
DESLIZAM NA CALÇADA,
                E

FAZEM A ALEGRIA DA MOLECADA
QUE SE BANHA INDIFERENTE
ALEGRIA INSOLENTE...

E.... OUVE OS SUSPIROS,
DORIDOS,PUNGENTES,
TRAZIDOS PELO VENTO
ROLANDO NOS DORMENTES.

É  O VENTO, CIUMENTO
DA FUGAZ CASAMENTO,
DO PRANTO E...DA CHUVA...
QUE CHORA QUAL VIUVA...

AO VENTO QUE UIVA,
O PRANTO E A CHUVA ,
VÃO ROLAR...
E GEMER NO TELHADO.....
EO VENTO....COITADO
UIVA CELERADO!

Teca
Enviado por Teca em 27/06/2006
Reeditado em 10/07/2006
Código do texto: T183164

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122853 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:00)
Teca

Site do Escritor