Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ÁRVORE

Se esta árvore soubesse entender
a bela é a morada, que ela pode dar,
suportava uma ou duas larvas,
sentia o fascínio das borboletas.

Banhava-se no orvalho da manhã,
expunha-se ao sol em preguiça...
na sombra ou no luar da noite
seria o mais quente
cobertor de um passarinho...

Eu como viajante solitária
nos braços dela adormeceria..
suas flores seriam as estrelas..
Seus frutos?
ah!! seriam frutos da nossa comunhão.

Mas está árvore fincada no chão
não se move, não tem asas, não voa.
Meus sonhos? Pra onde vão, se nela estão?
Por que fui me apaixonar por um chorão?

 

Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 27/06/2006
Código do texto: T183414
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marlene Constantino
São Paulo - São Paulo - Brasil
484 textos (15208 leituras)
42 áudios (3641 audições)
1 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:57)
Marlene Constantino

Site do Escritor