Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTASMA

lisieux

Não me notes
quando eu andar
de madrugada,
quando surgir
das densas trevas
do porão...

Faze de conta
que não ouves nada,
que não percebes
os meus passos
pela escada..

como se eu fosse
minha própria
                   assombração.

BH - 13.12.04
lisieux
Enviado por lisieux em 20/05/2005
Código do texto: T18347
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:53)
lisieux