Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***VIDRAÇAS***

Pelas vidraças
Olho o lado de lá
O mundo que me chama
Num apelo doce
De me querer muito
Alegre, solta
Quase irreverente...

Retorno quieta
Pro mesmo lugar
Só arrisco olhar
Disfarçando
A vontade secreta
Guardada nas frestas
Das minhas janelas...

Às vezes sem querer
As deixo embaçar
De um choro calado
Quieto e solitário
Quase um murmúrio
Pela incerteza de não saber
Se lá fora só é belo
Porque vejo tudo
Através delas...

Ah, vidraças!
Quando terei
Coragem de quebrá-las?

Nikitita... apoetinha de Niterói


Angela Oliveira
Enviado por Angela Oliveira em 28/06/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T183686
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Oliveira
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
315 textos (6578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:34)
Angela Oliveira