Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIGNO

lisieux

Súbito, sangra-me novamente o coração, numa explosão de lembranças, significados, coisas tão antigas... cantigas, gestos, poesia, numa harmoniosa dança da memória... Revivo, a cada instante, nossa história, alinhavando retalhos de nós dois... detalhes pequeninos vêm à tona, outros, mergulham nos porões da mente, mas todos dizem tanto e tão profundamente, tocando cordas que eu julgava adormecidas e fazendo vibrar no ar doces canções.
Súbito, sobra-me vontade de chorar, soluçam frases no fundo da garganta, transbordam lágrimas das bordas dos meus olhos... seixos marulham, chocam-se no íntimo; branquejam reluzentes sob o sol de maio...
Desmaio... saudade adormecida acorda e, como antes, se espalha, tomando de assalto todos os espaços da vida.

SBC - 28.08.04
lisieux
Enviado por lisieux em 20/05/2005
Código do texto: T18370
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:02)
lisieux