Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONS DA MADRUGADA

lisieux

Sombrios sustos,
sótãos assombrados
e eu, seguindo só,
sórdida, sombra.

Saudade surda
bate forte
nas soleiras,
nas cancelas,
nos portais...

Sinistros são os sons
da madrugada.

Enorme
é a minha solidão.

E a alvorada tarda:

escu
      ridão...

SBC - 05.04.05
lisieux
Enviado por lisieux em 20/05/2005
Código do texto: T18374
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:07)
lisieux