Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INAUGURAÇÃO

lisieux

Inauguras em mim uma estação de flores, primavera antecipada, mal o inverno se despede.
E me concedes explosão de brilho e cores onde o cinzento inda se faz presente, nos galhos das árvores, nas folhas secas no chão.
Eu borboleta, bêbada de luz, voleio à tua volta, enfeitiçada pelo brilho opalino dos teus olhos.
E eu, que dantes não me via a dividir espaços, olho-te nu, sobre os lençóis de seda... e tudo o que eu quero agora é repousar sobre o teu peito,
até que os pássaros anunciem o novo dia...
e o teu ressonar tranqüilo do meu lado, é a minha mais doce canção de ninar...
SBC - 31.08.04
lisieux
Enviado por lisieux em 20/05/2005
Código do texto: T18382
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:24)
lisieux