Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLAUTA DOCE

lisieux

hoje eu só quero um som de flauta doce
como se fosse a minha amada irmã
a poesia solta que me vem na brisa
e assim desliza, ao sopro da manhã

eu quero ver asas de borboleta
uma opereta, compondo no jardim
e o jasmim que exala o seu perfume
no claro lume de calor sem fim

quero besouros e os seus zum-zuns
girando em meio ao vento com alarde
por um momento ouvir os passarinhos
voltando aos ninhos no final da tarde

participar da festa no  arvoredo
contar segredo para a passarada
saber que nada pode causar medo
e descansar na rede, na sacada

hoje eu só quero ter um dia lindo
quadro perfeito de grande pintor
e melodia clássica, aspergindo
à minha volta, a mágica do amor

Hoje só quero som de flauta doce
a embalar meus sonhos de poeta

que me fizesse esquecer o amargo
desta saudade, amiga predileta...

BH - 18.03.05
02h51m
lisieux
Enviado por lisieux em 20/05/2005
Código do texto: T18385
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:27)
lisieux