Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrego-me... simplesmente

Pego suas mãos e aceito seu convite...
Sigo-o, confiante, pelo espaço infinito
Acompanhando sua direção
E o firmamento que a tudo assiste
Exibe para nós, o tom mais bonito
Da mais sutil e delicada emoção

Junto a você, sigo atravessando o tempo...
A contento entrego-me aos seus cuidados
Numa atitude quase infantil
Há um toque de mistério a cada momento
Em que seguimos juntos abraçados
Numa paixão intensa e febril

Mergulhamos no fogo que nos queima
Permitindo arder livremente à paixão
Que realiza os desejos com loucura
O amor quando é doido sempre teima
Dominando e arrebatando o coração
Ate rendê-lo em doce ternura

Vou contigo nesta aventura
Sem me importar com o que diz a razão
Impetuosa e sem compostura
Numa mistura escura de ilusão

Ambos formamos uma dupla, um par
Que se expandindo toca o firmamento
Não há fronteiras para atravessar
Nem há barreiras em cada pensamento

E no momento exato em que vou me entregar
Suspende-se todo e qualquer movimento
E eu experimento a eternidade...
O instante mágico em que estou a amar
Não me permite nenhum sentimento
Como o vento em meio à tempestade...

Priscila de Loureiro Coelho
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 20/05/2005
Código do texto: T18400
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215236 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:30)
Priscila de Loureiro Coelho