Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇAS

lisieux

Amor maluco e desesperançado,
cuco varando a noite
marcando as horas vazias.
Vontade de ter novas palavras...
reinventar o
dicionário, afim de dizer-te algo
que realmente
valesse a pena...
poeta embora, não consigo
arrancar do ventre palavras de vida
que te possam incendiar a alma.
Calo-me...
Silêncio assustador, denso, toma conta dos
meus espaços. E no compasso do coração
doído e doido,
faço de conta que consigo
não me lembrar de ti.

BH - 20.12.04
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18417
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:51)
lisieux