Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Ponta do Desespero

Apesar das dificuldades que encontramos,
batendo porta,zoando janelas,
percorrendo muros de terra,
cimentando nossas mãos de procura,
não foi possível
encontrar nem o início
nem o fim deste enigmático
e pragmático
deste brinquedo chamado vida.

Assim,com desejos de bem servir
resolvemos mesmo ficar por aqui.

Eu, na ponta do desespero,
ela, às portas da agonia.

Brinquedo de gente grande
às vezes tem final feliz.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 29/06/2006
Código do texto: T184265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26787 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:35)
José Kappel