Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBRE NOMES

falei de amor com Rita,
[que não ouviu]
falei de amor com Luiza,
[que não ouviu]
falei de amor com Joana,
[que não ouviu]
falei de amor com Beatriz,
[que não ouviu]
falei de amor com Madalena,
[que não ouviu]
o meu gostoso querer
sem reclamos.

Rita entristeceu
ao ver as fotos guardadas de Luíza
[que também entristeceu]
ao ler as cartas de amor-rasgado de Joana
[que também entristeceu]
ao saber do posto de dona de casa da Beatriz
[que também entristeceu]
ao entender que a paixão por Madalena está a voltar
mesmo de braços vazios
e sem acenos.

e voltei a falar de amor com Marli,
[que não ouviu]
e voltei a falar de amor com Letícia,
[que não ouviu]
e voltei a falar de amor com Regina,
[que não ouviu]
e voltei a falar de amor com Patrícia,
[que não ouviu]
e voltei a falar de amor com Inocência
[que não ouviu]
o meu gostoso ficar
sem reclamos.

Marli, ciumenta,
rasgou as roupas usadas de Letícia
[que também ciumenta]
queimou os poemas adolescentes de Regina
[que também ciumenta]
passou a fazer a mesma dieta absurda de Patrícia
[que também ciumenta]
ao perceber que Inocência está muito mais bonita que antes
mesmo sem grana de sobra,
fez logo uma plástica.

Hoje em dia,
Rita é artesã de mão cheia,
Luíza deita sombras em qualquer jardim,
Joana revelou-se meretriz,
Beatriz, enfim, resolveu adotar filhos,
Madalena vive entre navios,
Marli, feliz, é cineasta,
Letícia continua a injetar-se insulina,
Regina chove sempre quando escurece o céu,
Patrícia, menos cética, está evangélica,
Inocência, tontinha, mexe ainda mais a bundinha! .

Mulheres que não me ouviram
[presentes ou passadas]
perdoem os maus modos da minha memória
que por tanto bem-gostar e bem-querer
falha:
guardei em mim todos os nomes;
mas os sobrenomes, jamais!
Sem reclamos, sim?
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 29/06/2006
Código do texto: T184748
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:22)
Djalma Filho