Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS LARGADOS

lisieux

"Pra registrar meus desgostos
pelos malogrados sonhos",*
pelos tormentos medonhos,
pela vida a mim impostos,

eu escrevi pela areia,
o meu verso amargurado,
meu amor desesperado,
triste canto de sereia.

Mas veio o mar, encrespado,
e logo foi apagado
o meu verso, pelas águas...

A dor voltou, viva e forte.
E, penso, somente a morte
fará cessar minhas mágoas.

BH - 09.09.04
(Dois primeiros versos de Adolpho Machado - em Versos na Praia)
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18489
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:55)
lisieux