Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMAS DE AMOR

lisieux

Ai que eu não quero um amor papel-passado,
anel, noivado, casamento...
Não quero amor compromisso, desperdício de tempo.
Não quero amor supermercado,
comprado a preço de liquidação.
Também não quero amor-eterno
suave e calmo, morno, agradável.
Ah... que eu quero mesmo é amor nocivo,
amor destruição...
Aquele amor que pega-fogo,
devastação
que arde
ad eternum
e não se apaga.
Quero amor descompromisso,
urgência de paixão...
Quero amor que me consuma...
carne e sangue
e
    só.


BH - 08.08.04
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18494
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:28)
lisieux