Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA É SONHO




Minha vizinha não é uma vizinha. É uma mulher.
Também não é uma mulher. É alguém.
Não também.
O que será, então, que tem dentro daquela casa?
Que não é casa,
É um amontoado geométrico de tijolos,
(Também não),
Talvez seja os escombros de um sonho. Talvez,
Porque existir pode ser que exista...
O sonho? Talvez não exista...
Talvez exista a Terra sonhando
Coisas vindas dela mesmo...
Então talvez a Terra sonhe a mulher envolta por tijolos
Que parecem escombros do ponto de onde vejo.
Ver é sonhar?
Então sonho a mim mesmo
Sonhando a Terra que sonha
A mulher, a casa de tijolos...
E eu, desse ponto de vista,
Chego à conclusão de que esse poema
Só existe porque sonhou o que escrevi.



Preto Moreno

















Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 30/06/2006
Código do texto: T185111

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6783 textos (102550 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:06)