Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABSTÊMIA

lisieux
 
Não bebas dos licores, meu amado,
pois deles só sorvemos dissabores.
melhor que tu mergulhes nos  amores,
que de licores, fiques embriagado.
 
Não é preciso, pra tomares  porre,
nenhum licor, nenhum dos artifícios,
pois posso te jogar em precipícios
onde de amor se vive, e até se morre.
 
Mulheres te oferecem seu licor...
e eu te ofereço todo o meu amor,
na doce forma do bombom mais fino.
 
Uma doçura sem igual... gostosa...
de quebra a minha voz, melodiosa,
falando em teu ouvido, meu menino.

BH – 24.10.03
20h30m
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18520
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:57)
lisieux