Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BATIDAS

lisieux

Batem fortes bátegas na janela
e bate, em descompasso, o coração.
Bate a saudade doida no meu peito,
e bate à minha porta, a solidão...

Bate também na face o vento forte
e bate em minha mente a tua imagem...
Bate-me o medo, o terror da morte
bate a secura desta estiagem...

E bate o frio intenso, à minha porta,
Bate com força a dor, e não comporta
a lágrima, que bate, em meu olhar...

Bate em compasso intenso o meu relógio
em meus ouvidos bate a voz de ódio
bate a certeza que não vais voltar...

BH - 10.02.04
04h20m
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:55)
lisieux