Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENDAVAL (do ba˙ dos horrores)

lisieux

Um vendaval de paixões me assola a alma
que nunca encontrará descanso e calma
enquanto persistir essa saudade...

E o qu'eu posso esperar, na realidade,
é um caminho de amargura e dor,
um desconsolo, eterno dissabor,
uma desesperança que não tem limite...

E mesmo qu'o meu coração conquiste
lugar ao sol, por toda a minha vida,
o brilho frio da lua 'scondida
será o meu eterno companheiro...

Porque o amor sempre será o primeiro
a se afundar, quando se tem despeito...

a mergulhar, quando não se tem jeito,
de se afogar a mágoa em nosso peito!

Do baú - 1994
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Cˇdigo do texto: T18547
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 08/12/16 08:25)
lisieux