Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANELA

lisieux

Morrendo de saudade de Canela.
Morrendo de saudade da Igreja
e das estradas, serpenteando pela serra.
Morrendo de saudade do teu gosto de cereja,
raio de sol e brisa benfazeja...

Saudade do som da tua gargalhada,
reverberando rumo ao céu, de madrugada...
noite calma, vento ameno...
sereno

Morrendo de saudade da cidade:
cheiro de canela, como o nome...
saudade do teu beijo,
me consome...

Morrendo de saudade do teu jeito
da mordida no teu lábio,
do trejeito,
do gosto delicioso do confeito
comprado ali, no centro
da  pracinha...

Saudade...
calor no peito...
saudade do parapeito
da janela;
rua deserta
              em Canela...

BH - 15.07.03
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18564
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:59)
lisieux