Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSTRUÇÃO POÉTICA

lisieux

Ladrilhar o chão inculto dos vocábulos
com a beleza de antigos arabescos...
como alicerce de uma grande construção...

 - esses caminhos do sentido são tão vários,
itinerários percorridos pela mão... -

Com pena e sal, pró-nome e pão, no afã da lida,
constrói-se o verso, com os tijolos da pá-lavra
e, no terreno das paixões, se lançam vigas.

Cimento-verbo junta as frases dos quartetos,
ergue paredes e janelas escancara.
E como teto, se utiliza das estrelas...

BH – 13.02.04
02h10m
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18579
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:07)
lisieux