Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versejando ao Vento (I)

(Lisieux)

O nosso amor necessita da cumplicidade
deste vento que assopra os nossos segredos
E que faz esquecer nossos noturnos medos
Sussurrando versinhos de dor e saudade


Sem o vento que uiva madrugada afora
não podemos trocar nossas rimas e juras
e também desenhar essas doces figuras
que retratam os sonhos e amores de outrora


não houvesse a ajuda diária do vento
não seria possível o soturno lamento
de noss'almas que choram a atroz solidão


se não fosse este vento,levando o recado
de paixão e ternura, de doçura e pecado
quão cruel nos seria esta separação!

BH - maio de 2003
(parte de "Elegia ao Vento", em parceria com Henrique Moreira)
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18596
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:42)
lisieux