Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caso Caseiro

Deixei uma mensagem na casa
dela; sem sintomas de loucuras!
Deixei uma mensagem na
casa dela,
foi por amor, devoção e paixão.

Deixei lá.

A porta não abria,
as janelas estavam fechadas,
o riacho, ao lado,
continuava quieto.

Levei flores,
odaliscas,rosas,palmas,
sombreas.Leivei paixão!

Tudo num maço,adornado
de carinho:
não me deixes - dizia eu,
com letra de colegial
bem vestido.

Fui entardecer em casa,
ao lado de uma garrafa,
de bom vinho napoleônico !

Quando o telefone tocou,
sabia que era ela que logo meneou:

-Não digas mais nada,
a flor que me trouxeste
para o riacho foi;
o amor que lhe possuia
escondeu-se com o mal tempo.

Não posso amar um homem
de cinquenta enquanto tenho 17.

Livre-se de mim. Se hoje
sou augusta, amanhã serei seu fardo.

O amor não tem nada com isso,
só o tempo nos separou.
Se ele te conquistou antes,
me fez morrer depois!
Adeus e até o próximo...
o próximo tempo!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 02/07/2006
Código do texto: T185993
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26786 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:35)
José Kappel