Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Quando somente o corpo parte

Há viagens para o esquecimento
em que somente o corpo foge
Parte da gente fica escondida
no cantinho quente do ninho
– querendo não ir embora

Apenas o corpo parte
Pasea loco en las calles
de paises hermanos


Querendo resistir ao abandono
o corpo
obriga-me a passeios, shows, cassinos

Aturdido, grito, carrego cartazes:
Quem me conhecer diga-me quem sou
e me leve de volta pra casa brasileira

A parte inteira minha
ficou no ninho de onde parti
e preciso voltar urgente para ela

Fugi para saber
se tua vontade de que eu ficasse
era maior que a minha de partir

Há viagens em que nem o corpo parte
Fica a alma guardando o amor
Espera que o corpo retome a razão
e volte pro ninho quente
de onde avisa que me esperas



                                                 Montevidéu, 10.maio.2006
                                                            Saiba mais sobre o Autor:
                                          www.editoraalcance.com.br/ROSSIR.HTM
                                                 

Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 02/07/2006
Reeditado em 02/07/2006
Código do texto: T186351
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:52)
Rossyr Berny