Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINGUANTE

lisieux

eu morro à mingua sem o teu amor
minguando, me diluo, liquefaço
minguado o teu carinho que me davas
minguante a lua que leva o que restou

Eu minguo a cada noite sem teu beijo
e mudo as fases como a lua branca
antes de ti, crescente,
contigo cheia
me mostrando plenamente

metade agora,
sem tua metade
até me desfazer
na escuridão
lua
nova
.

BH - 07.08.03

Resposta a "Crescente", de líria porto
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18638
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:44)
lisieux