Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O gavião, o urubu & a pomba!

Guerra pelo céu, asas se digladiam,
Arte na astúcia com perdas & ganhos
Manobras radicais pela paisagem,
Neblina na tarde, ventos com cara de minuanos,
Sol às escondidas, apertos vorazes,
Algumas gotas disparam, cingem a terra,
Ondas de frio que se aproximam, vem do centro,
Esbarram na serra, batida seca, rasgos,
Vadias estopas na encolha, silêncios,
O balanço do ramo mais alto & frígido,
Arrasto latente arranha a libido,
Sombras na mata, hiatos & mutantes,
O medo que eriça o pêlo úmido, gritarias,
Nau dos desesperados, esfaimada vida,
Cores cortantes na afiada lâmina,
Salta o coração no vôo pelo vazio,
Penduricalhos com as sobras, constrição,
No bater da água, mil estilhaços,
Penumbras escarlates na escotilha,
Ramas para escol, líquida panacéia,
Metropolitanos desvairados no almoço nu,
Truques para novas magias & outros bruxos!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 03/07/2006
Código do texto: T186678
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:10)
Peixão