Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

METRÓPOLE

lisieux

São quatro cantos de esquinas provisórias
Quatro estações de chuva, sol  e correria
Quatro paredes de paixões tão  ilusórias
Quatro cantares de uma louca poesia...

São quatro pontos de meninas semi-nuas
E quatro pistas de veículos apressados
Quatro pilares de edifícios, viadutos,
Quatro quadrantes de sombrias, frias ruas

São  quatrocentos e cinqüenta anos gastos
Em construções e tentativas,  em conquistas
Em emoções, desejos,  dores imprevistas...

São quatrocentos e cinqüenta anos fartos
E outros tantos de infelizes, vis momentos.
São Paulo vive de amor e sofrimentos.

São Bernardo do Campo – 25.01.04
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18691
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
lisieux