Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, mal que mata

lisieux

Eu tenho um mal que me corrói o peito
Um mal que vai matar-me de mansinho
Minando a força em mim, devagarinho
E me fazendo prisioneira do meu leito

Este mal me arrasa alma e  coração
Me faz arder em febre noite e dia
Este mal vai prolongando a agonia
Tirando o ar de dentro do pulmão

Este mal é indestrutível! Não me deixa
É mal que se espalha em minha mente
Mal que provoca desespero e dor

Este mal não dá ouvido à minha queixa
E vai acompanhar-me eternamente...
Este mal é mal terrível... é mal de amor...

Lisieux – 11.02.03
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18696
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:12)
lisieux