Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:http://img.photobucket.com/albums/v294/barbant/mulher_dormindo.jpg


REFÚGIO

A vida pede água para o meu choro sufocado
Reina uma certa desordem interior.
Apago a luz do corredor e tranco a porta.
Não quero nem ouvir a música que toca,
para não ser tocada pela dor.
Fecho os olhos e escondo minha cabeça.
Enfiando-a por debaixo do cobertor.
Tampo os meus ouvidos e me isolo do mundo.
E não cedo a nenhum pensamento trovador.
Quero viajar no sono profundo,
para ser engolida pela noite sem cor.


Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 04/07/2006
Código do texto: T187143

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71906 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:42)
Rosa Berg