Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alcaparras nas Estrelas!

Tirou as pernas do incêndio, outras saídas,
Caminhou com calma sem notar a areia,
Escombros viram paisagem, preferências,
Programou alguns horários esquecidos,
Rapinas & hienas se escondem das garras,
Água salobra nada mais, vela quebrada,
Ônibus encalhado, todos os pneus vazios,
Pedaços de cordas de náilon, pára-quedas,
Nada se mexe, tudo desligado, cênico,
Vespeiro abandonado, fartura de mel,
O nada é compreensível na ausência,
Apenas ar circula livremente no ocaso,
O mesmo ar que inspira a espera, Ares,
Olha para as pernas, movendo-se autônomas,
Nem pergunta sobre a realidade impossível,
Segue apenas colhendo aquilo de útil,
Como se não fosse indicado estancar,
Há coisas demais inanimadas, tudo enfim,
O melhor é prover algum movimento,
Acompanhar o vento, sendo acompanhado,
Os remorsos também foram queimados!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 04/07/2006
Código do texto: T187366
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:46)
Peixão