Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECATO


O meu recato

tem um quê de desacato,

num só ato,

rasgo o contrato,

desfaço o trato,

jogo no chão o retrato,

quebro o prato,

fico raivoso e chato,

expulso até o gato,

mas quando tu voltas,

ah! quando tu voltas....

me acalmo feito

manhoso regato,

e num segundo,

volta meu recato.


06/02

Andrade Jorge

Direitos autorais registrados
BLOG http://andradejorgepoesias.vilabol.uol.com.br

ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 04/07/2006
Reeditado em 08/07/2006
Código do texto: T187517

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (90003 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:07)
ANDRADE JORGE