Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monólogo a dois

Na Essência do Prazer,
Busco Sem Destino!
De Vez Em Quando Vem,
Quem Sabe!,
Amor Infinito;
Quando A Chuva Cai
Toda Rima
No Toque de Clarins.
Quero Alegria!
Pedi Ao Céu
Um Toque De Malícia!
O Mundo É Um Moinho.
Eu Brinco.
Quem sabe
Nessa Aquarela, Disritmia!
As Rosas Não Falam
Onde A Dor Não Tem Razão:
Pressentimento!
Para um Coração Leviano:
Sinal Fechado
Para um Boêmio Feliz.
Quem É Você?
Um Ser De Luz?
Qualquer Dias Desses
Numa Travessia
Meio Garoto Maroto,
Na Paz De Deus
Eu Sei Que Vou Te Amar!
Na Terra De Sonhos
É Necessário
Vida Bela, Bela!
Beleza Pura!
Atrás do Trio Elétrico
Sob a Lua de São Jorge,
Toque de Viola,
Eclipse Noturno,
Outras Palavras,
Qualquer Coisa,
Só Se For A Dois!
Num Trem Para As Estrelas
Não quero Só Lembranças
No Frio Da Madrugada!
Coração Vazio...
Evidências...
Me Deixa Ficar!
Somos Assim
Sem Estória, Sem Destino
Brigas? Recomeçar?
São Coisas da Vida.
Longe
O Amor é Mais forte
Inesquecível.
Em Cada Sonho
Longo Caminho
Uma História Sem Fim
Solidão, Que Nada
O Nosso Amor a Gente Inventa
Num Monólogo A Dois...!
Valter Queiroz
Enviado por Valter Queiroz em 05/07/2006
Reeditado em 05/07/2006
Código do texto: T187780
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Queiroz
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 41 anos
118 textos (4527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:12)
Valter Queiroz