Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No escuro da Floresta


Nesta floresta quero entrar
Para em suas trilhas caminhar,
Ela é escura, tem grandes árvores
Mas sei, esconde o que procuro,
Minhas vontades, de ânsias mil.

A criança que mora dentro de mim
Caminha ali, eu vi os seus passos
Quando a floresta sobrevoei
Com asas de ontem,
De ave doída,
De penas sofridas,
E dores de chorar.

Desse campanário
Que fica antes da floresta
Por favor guardião, me deixe passar,
Eu preciso na mata adentrar
Eu preciso me encontrar lá.

Lá bem no escuro desta floresta,
Estou eu, solitária a chorar,
Com meu outro lado
Que também chora,
E dentro de mim,
Solitário,
Resolveu morar.

A floresta é grande
Com árvores sem fim,
Ramos de folhagens
Iguais ao que sou,
Todos fazem parte
De minha vida,
São eu, e em mim vivem
Bem dentro de mim.

Se nesta floresta agora estou,
Me deixem ficar,
Não me tirem de lá.

Sou ânsia da vida
Que flui em seu interior,
Do escuro que busca a luz, o esplendor.

E se ali o sol não ver,
E a lua não achar,
Fico no escuro, tateando o caminho,
Até que a luz deles eu possa tocar.
Maria
Enviado por Maria em 05/07/2006
Reeditado em 05/07/2006
Código do texto: T187886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4552 textos (185990 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:00)
Maria

Site do Escritor