Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abana Sem Calor

E minhas esperanças
tremulam iguais
nuvens num céu
temeroso.

Dúvida dos tolos!

Algoz de minha
querência
sou parte e todo,
do início e do fim.

Grato dos bobos!

E se pergutam,
fazem por costume,
por época,
por dever !

Maria!
Vento que te
abana!

Onde está o homem
que visitou aqui;
onde está o homem
de duas dobras,
que durante todo um
dia quisera morrer
numa choupana com
seu nome !

Ora...ora..,
avental de pobre
abana sem calor !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 06/07/2006
Código do texto: T188407
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:34)
José Kappel