Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Calar Para Sempre

Ele bateu com chicote
Levemente, de suporte
Pediu para calar
Parar de esbravejar
Pediu para estagnar
Nunca mais cantarolar
O meu desventurado amor
Sugado, contido
Obrigou-me a emudecer
Matou o amaranhado, triturou o obcecado
Amor transviado
Meu triste amor, tão coitado!
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 22/05/2005
Código do texto: T18855

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:36)
Verônica Aroucha