Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONDOR AZUL


Voar nas asas de um condor azul
acima das pedras e dos mares
é fazer a liberdade bater no meu
peito como rajada de vento forte.
 
faz soar um hino solene  de renovação
na vontade lutar,de vencer o combate
como heroina buscar novas conquistas
 
Vem a liberdade  bater no meu peito
a me levar por mares em calmaria
velejar para o horizonte, no poente
das minhas idéias sem me sujeitar
e ser feliz.
 
Nesta liberdade tem as incertezas
mas também tem todos os desafios
nestes vem o meu apego,  sigo, vôo,
então eu vou
 
voando nas asas deste condor azul
soltando minha voz em sussurros liricos
sanando de vez  todas as minhas feridas
e não há quem faça essa lira se calar
 
pois um dia as palavras terão sentido
na quietude do meu coração e eu voarei
como aquele condor livre, no céu azul.
 
Marlene Constantino
Enviado por Marlene Constantino em 06/07/2006
Código do texto: T188963
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marlene Constantino
São Paulo - São Paulo - Brasil
484 textos (15204 leituras)
42 áudios (3641 audições)
1 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:53)
Marlene Constantino

Site do Escritor