Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia Afora

Fui dia afora,
corrido em três berços,
fui oração de mãe
e orgulho de pai,
sem mais
agora.

Corri berços e colos,
corri mundo,
por mãos desconhecidas
que me diziam coisas
que não entendia:
coisas de amor.,
mas tudo igual,
bem parecido.

Fui dia afora,
luz benta e azulada,
experiências de
eremitas de amor,
frescor de muitas mulheres,
e dengoso boneco de choro ,
todo penteado.

Mas sempre alentado
por cobertores de abraços
de mel e beijos dourados !

Mas o tempo levou
embora.

Casto e siduzo
ele disse:
levo a lembrança,
mas deixo o plantio
que te fizeram
luz de amor,
flores sem luto.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 07/07/2006
Código do texto: T189101
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:32)
José Kappel