Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem sabe o teu olhar...


Quem sabe o nada anda perquirindo os teus olhares?
Fitas o vazio e eu sinto
Alguma coisa preencher tua alma

Sugaste o mundo ao redor
A luz do sol perdeu o brilho
A água já não vaporiza
E o teu olhar, translúcido como nunca,
Ainda fita o vazio

Eu queria olhar um ponto escuro e ver tudo
Eu queria ser como és
Eu queria florir assim os meus desertos
Tudo isso sem nada ver

Mas, quando fecho os olhos
Eu posso ver tudo, sem registrar nada
Todas as minhas dores são imagens
Tão grandes, tão difíceis...

Quem sabe o silêncio investiga os meus olhares?
E eu fujo dele nas letras de uma poesia?
Quem sabe o teu olhar...
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 08/07/2006
Código do texto: T189660
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:28)
Mar de Oliveira Campos