Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Zaratustra

Viajante da vida
Viajante da dor
Chegas de madrugada
Com arco e flechas na mão
Te lanças ao corpo da amada
Não cansas de fazer amor

Leva teu sonho adiante
Leva porque ele é bom
O mundo não é como antes
Não tem mais o mesmo sabor

Arqueiro do Médio Oriente
Guerreiro em busca de luz
Andaste por terras sangrentas
Cravaste no peito o sol

Ouve o clamor do planeta
Os pólos irão derreter
Embora não esteja escrito
Teu sonho irá sobreviver

Viajante da vida
Viajante da dor
Chegas de madrugada
Com arco e flechas na mão
Deitas no colo da amada
Não cansas de fazer amor

Viajante da vida
Viajante da dor
Chegas de madrugada
Arqueiro-herói revelador
Caco Nemer
Enviado por Caco Nemer em 22/05/2005
Código do texto: T18972
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caco Nemer
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
69 textos (5020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:26)